//Como Escolher o Hardware Certo Para o Meu Computador?
Como escolher o hardware correto para o computador

Como Escolher o Hardware Certo Para o Meu Computador?

Como eu faço para escolher o hardware certo para o meu computador?

Pode parecer algo simples, mas escolher o item correto a ser substituído em um computador demanda grande cautela e atenção.

Ao optar por fazer um upgrade no equipamento, é necessário primeiramente se perguntar a respeito da finalidade dessa modificação.

Pode ter uma finalidade profissional, em que será necessário utilizar softwares de edição de documentos, ou então edição de imagens, ou quem sabe, um upgrade para poder jogar diferentes jogos que exigem alto poder de processamento.

Antes de mais nada, precisamos ter conhecimento da configuração atual do equipamento. Para descobrir a configuração, basta abrir o menu iniciar e digitar “executar”.



Com a tela da aplicação aberta, digite: “dxdiag”.




Observe atentamente cada detalhe, na área Sistema, você encontrará informações a respeito do processador e da memória, basicamente a capacidade de processamento de informações de seu computador estará detalhada nessa área. Na área Exibição, você encontrará as informações gráficas, a placa de vídeo estará localizada nesse segmento, por fim as configurações de Som poderão ser encontradas na aba subsequente.

Agora que já sabemos o que o computador possui para executar as suas atividades, vamos descobrir o quanto o micro está trabalhando para processar as atividades, para isso vamos novamente até o menu iniciar e novamente digitar “executar”, porém agora insira o comando “taskmgr”.




Preste bastante atenção nas duas primeiras abas, pois em Processos, ficará disponível todos os programas e processos que estão abertos, sendo em primeiro ou segundo plano, e em Desempenho é possível descobrir de forma bem detalhada o poder de processamento do computador com os recursos atuais.

Aprenda também: 5 Passos para Otimizar o seu Computador.

Agora vamos descobrir a alteração recomendável para nosso equipamento!

Profissional

Se a finalidade do micro é operar em ambientes como escritórios, comumente sua utilização vai girar em torno de gerenciadores de documentos, como o Office, ferramentas de conversas como o Skype for Business, e-mail, caso utilizado em algum navegador e não no microsoft Outlook, o que já estaria sendo abordado no pacote Office e por fim algum CRM, para organização dos assuntos corporativos.

Agora precisamos abrir os recursos necessários e acessar novamente o gerenciador de tarefas, o que já fizemos anteriormente, observe atentamente a aba Desempenho, em Memória e CPU, se o consumo estiver equilibrado, o computador já possui uma configuração adequada para a atividade, agora, se o consumo estiver bastante alto e principalmente, se executar essa tarefa apresentou travamentos, os itens a serem substituídos serão a Memória e(ou) o Processador, podendo ser ambos ou apenas um, dependendo do desempenho analisado.

Profissional – Edição de imagens e vídeos

Repita o procedimento acima e identifique no gerenciador de tarefas o consumo de Memória e de Processamento no computador, softwares de edição costumam ocupar mais do processamento e da memória, então pode ser que a troca do Processador e da Memória possa ser de grande utilidade.

Os softwares acima trabalham com a questão das cores, então optar por uma nova Placa de Vídeo pode ser uma solução bastante agradável, o que irá otimizar muito a tarefa. Por fim, para poder aproveitar ao máximo esse trabalho, pode-se optar por trocar o monitor, dando preferência aos modelos de maior resolução.

Jogos

Para os jogos, é importante, comparar a capacidade de processamento atual de seu computador, que exploramos anteriormente e as configurações recomendadas do jogo selecionado, se o jogo foi baixado por streaming, a página de download irá informar esses detalhes, se o jogo foi comprado em mídia física, a contracapa da mídia é que contará com essas informações.

Se o seu computador ainda não tem uma configuração acima da média, com certeza terá que optar pelas trocas do Processador e da Memória, e em alguns casos inclusive terá de trocar a placa mãe, pois processadores mais robustos podem não ser compatíveis com a placa mãe atual.

Por fim é altamente recomendável realizar a substituição do monitor e da placa de vídeo, pois é ela que irá trabalhar com a questão das imagens obtidas em tela, e a diferença obtida pode ser grotesca, como imagem abaixo.




Agora que já identificamos o item necessário para aprimorar a experiência com a usabilidade, precisamos verificar a partir do modelo da placa mãe, qual é o item que podemos utilizar, pois é preciso que o item seja compatível com a placa mãe. Para isso, vamos novamente no menu iniciar e escrever “executar”, mas dessa vez, vamos inserir o comando “cmd”.

Ao abrir a tela do prompt de comando, copie e cole o código a seguir: wmic baseboard get product,Manufacturer,version,serialnumber. Em seguida observe o modelo da sua placa mãe.




Se você já identificou os itens necessários e sente-se confortável para fazer a substituição, acione uma assistência de sua confiança e informe para o vendedor do que você precisa. Se não se sentir confortável para fazer a substituição, peça a ele o suporte, pois estarão aptos a auxiliá-lo também nessa etapa.

Uma dica preciosa, é pesquisar primeiramente na internet, pois é mais provável que consiga itens de melhor custo-benefício.


The following two tabs change content below.
Pós-graduando em Educação e Tecnologias Digitais, Bacharel em Ciência da Computação. Idealizador do site ALMEIDA Soluções em Tecnologia. Amante de ficção científica e temas relacionados ao futuro da humanidade e da tecnologia. Corredor de rua e ciclista, por esporte, transporte e lazer.