//Porque o Desenvolvedor Precisa Estar Atento a Transformação Digital
Transformação digital e a economia de API almeidatecno

Porque o Desenvolvedor Precisa Estar Atento a Transformação Digital

O mercado de trabalho passa atualmente por uma transformação digital, para a chegada da “Indústria 4.0”.

As empresas e os desenvolvedores precisam estar preparados para vivenciar os novos desafios. As APIs adentraram o mercado para fazer a sincronia entre os sistemas, elas fazem parte das tecnologias em ascensão.

Confira o que devem fazer os profissionais para estarem preparados para os novos desafios!

Retrospecto

Vamos entender a ascensão das APIs, como elas podem potencializar os negócios e quais suas perspectivas futuras, mas para isso vamos analisar o contexto comercial dos últimos tempos, explorando o crescimento da tecnologia na forma com que as pessoas comercializam.

No primórdio as lojas físicas marcaram o início do comércio e uma longa jornada esperava esses pequenos negócios que mais tarde se tornariam grandes negócios através da transformação digital.

Notavelmente o call center, trouxe mais agilidade e produtividade a forma com que as pessoas faziam seus negócios, temos aí a entrada da tecnologia no âmbito comercial.

Nas últimas três décadas, foi a internet potencializou os serviços de uma forma nunca antes imaginada, pode-se então dar início ao e-commerce e a venda de produtos e serviços através da internet.

Transformação digital

O computador já não é indispensável nas relações comerciais, pois hoje as aplicações utilizadas são multiplataformas e operam em dispositivos móveis, como smartphones, tablets, e inclusive em wearebles, como os smartwatches.

O caminho a ser seguido pela transformação digital no comércio era inevitável, deu-se início então a integração das plataformas e serviços, a “API economy”, a sigla se refere ao termo original “Application Programming Interface”, do português, Interface de Programação de Aplicativos.

As APIs permitiram que um serviço fosse indexado a uma outra ferramenta, como por exemplo os serviços comerciais que integram seus sistemas de vendas e pagamentos a outros sites.

Cases de sucesso

O primeiro grande caso de sucesso foi do eBay, que no início do milênio lançou o programa “eBayDeveloper Program”, o mercado de vendas foi revolucionado então e o programa foi um sucesso.

Inicialmente os projetos começam de forma interna e com código fechado, a maioria das empresas tendem a disponibilizar de forma aberta as suas APIs para o comércio global em geral.

Não há diretamente lucro sobre o código das APIs, porém tende a ser um negócio extremamente rentável para as todas as partes, pois além de consolidar novas parcerias, estão promovendo a expansão do serviço em diferentes plataformas, que naturalmente tende a monetizar os projetos.

A IBM, disponibilizou em seu blog oficial o artigo Guide to 100 API Economy and API Management Resources, contendo uma centena de publicações que demonstram a importância das APIs no comércio global.

O profissional

O profissional que pretende atuar com economia de API deve ser um profissional interessado em novas tecnologias, ser analítico e buscar constante capacitação.

Confira as profissões de TI em alta no mercado!

É recomendado que o profissional acompanhe a rotina de grandes empresas, como a Google, por exemplo, que inclusive disponibiliza para os desenvolvedores o Google Cloud End Point, que promove a proteção dos códigos.

O mercado global está evoluindo rapidamente, e sem dúvidas as novas tecnologias crescentes como a computação em nuvem, internet das coisas e a economia de API serão as tecnologias que mais crescerão nos próximos anos, tornando essa transformação digital, um mercado promissor.

Desenvolvedor e a transformação digital almeidatecno
The following two tabs change content below.
Pós-graduando em Educação e Tecnologias Digitais, Bacharel em Ciência da Computação. Idealizador do site ALMEIDA Soluções em Tecnologia. Amante de ficção científica e temas relacionados ao futuro da humanidade e da tecnologia. Corredor de rua e ciclista, por esporte, transporte e lazer.